Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Sex | 01.03.13

Mais um...

sueamado



Fim de semana, claro está!

As perspectivas em termos de divertimento são as mesmas. Eu devo estar à espera de ter escrito um dia na minha lápide - "Era muito boa rapariga, mas burraaaaaa".

Sabem o que me apetecia mesmo? Uma valente discoteca africana, kizombada, abanar as ancas, soltar os males, ficar a arfar. Isso é que era serviço.

Uma vez que até abusei durante a semana, vou ver, se o sol aparecer, se passeio muito, se me mimo, se ponho a leitura em dia e se consigo postar coisas, que desse lado vos ilumine os dias. É também para isso que aqui estou.

Sex | 01.03.13

Mais um...

sueamado



Fim de semana, claro está!

As perspectivas em termos de divertimento são as mesmas. Eu devo estar à espera de ter escrito um dia na minha lápide - "Era muito boa rapariga, mas burraaaaaa".

Sabem o que me apetecia mesmo? Uma valente discoteca africana, kizombada, abanar as ancas, soltar os males, ficar a arfar. Isso é que era serviço.

Uma vez que até abusei durante a semana, vou ver, se o sol aparecer, se passeio muito, se me mimo, se ponho a leitura em dia e se consigo postar coisas, que desse lado vos ilumine os dias. É também para isso que aqui estou.

Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado
Feelme/Se eu te tivesse hoje, agora...Tema:Contos!
Imagem retirada da internet


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.
Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado
Feelme/Se eu te tivesse hoje, agora...Tema:Contos!
Imagem retirada da internet


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.
Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado
Feelme/Se eu te tivesse hoje, agora...Tema:Contos!
Imagem retirada da internet


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.
Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.
Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.
Sex | 01.03.13

Se eu te tivesse hoje, agora...

sueamado


Consigo recordar-me do primeiro dia em que te vi de forma diferente, em que estivemos romanticamente juntos.

Após muita troca de emails, de desabafos de muito interior posto a descoberto, finalmente pude tocar-te, olhar-te como o homem que acabou a mudar o curso da minha vida. Foste tudo o que esperava e desejava, a minha vontade de ti permitiu que os meus pudores caíssem por terra, e entreguei-me tranquila, confiante, tudo se encaixou e fez sentido. Foi fácil, natural  e consegui perceber porque razão te esperei e quis tanto tempo.

O teu corpo colado ao meu, o teu respirar, os lábios que parecem ter o desenho dos meus transmitiram-me o que sentias e fizeram de mim a mulher que desejei ser. O nosso respirar descompassado, os sussuros, os movimentos ansiosos, o prazer que foi jorrando uma e outra vez...a tua boca percorria-me, as tuas mãos seguravam-me firme, dirigindo-me para onde me querias. Entraste em mim, imponente, másculo e eu obedeci-te, cedi e implorei por mais.

Nunca desviámos o olhar, queríamos e precisávamos de nos saber ligados, fomos falando e sabendo do outro.

- Diz que me queres...
- Beija-me por favor...
- Assim enlouqueces-me...

Se eu te tivesse hoje, aqui, agora, certamente te conseguiria convencer que apenas tu me poderás dar o que desejo e preciso, fazer amor com outro homem nunca mais foi sequer proximo, e eu não quero existir para além de ti. Se eu te conseguisse sussurrar, mais uma vez, o quanto me fazes feliz, sei que não voltarias a partir e que por certo aceitarias que também tu jamais poderás ter ou ser sem mim.

Pág. 35/35