Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Ter | 20.03.18

Sei que te magoaram!

sueamado
Confesso que preciso de sorrisos, abraços, chocolates, bons filmes, paciência e coisas desse tipo. Caio Fernando Abreu


Sei que te magoaram e deixaram de asa derrubada. Sei até que os beijos de antes nunca tiveram o sabor que acabaste a experimentar comigo, mas também sei que não fui eu que te magoei e que terás que saber deixar no passado, o teu passado!

Sei que te magoaram e que nada do que vês de mim e comigo, te permite afastar do que já viveste.
Sei que te magoaram até fazerem de ti este homem que recusa ter-me, por não querer mais dor.
Sei que te magoaram, mas eu prometi que te iria amar até que as dores se fossem, tão depressa quanto me instalaria, se ao menos deixasses.

Não me empurres. Não olhes para o lado contrário. Fala comigo, diz-me o que pensas e o que queres para nós, porque eu até sei que o "nós" existe na tua cabeça. Não me afastes meu amor, vem e fica comigo. Não desistas da felicidade que até já sentiste de mim, porque eu sei que sou a mulher que te serve.

Se me desses metade da oportunidade que outras já tiveram, eu saberia o que fazer com cada pedaço de amor que tenho para te dar. Se viesses até mim de alma aberta e me confessasses os teus medos, eu teria como te injectar cada emoção e todos os desejos que desejo partilhar contigo. Se ao menos entendesses que serei, sempre, a que te entenderá, conseguindo que me olhes e vejas como sou mesmo e como preciso de precisar de ti.

Sei que te magoaram, mas quero ser a que te encherá a alma e o coração, reservando o corpo, os toques e os beijos para que nunca duvides e para que me sintas até quando não me puderes tocar.  Quero ser a que imaginas, e se o que falta é dizer que ficarei, que nunca te deixarei e que nunca arriscarei desistir de ti, eu faço-o, desde que venhas e me faças sentir o que até sei que consegues.

Sei que te magoaram meu amor, mas também sei que não fui eu...
Ter | 20.03.18

Sei que te magoaram!

sueamado
Confesso que preciso de sorrisos, abraços, chocolates, bons filmes, paciência e coisas desse tipo. Caio Fernando Abreu


Sei que te magoaram e deixaram de asa derrubada. Sei até que os beijos de antes nunca tiveram o sabor que acabaste a experimentar comigo, mas também sei que não fui eu que te magoei e que terás que saber deixar no passado, o teu passado!

Sei que te magoaram e que nada do que vês de mim e comigo, te permite afastar do que já viveste.
Sei que te magoaram até fazerem de ti este homem que recusa ter-me, por não querer mais dor.
Sei que te magoaram, mas eu prometi que te iria amar até que as dores se fossem, tão depressa quanto me instalaria, se ao menos deixasses.

Não me empurres. Não olhes para o lado contrário. Fala comigo, diz-me o que pensas e o que queres para nós, porque eu até sei que o "nós" existe na tua cabeça. Não me afastes meu amor, vem e fica comigo. Não desistas da felicidade que até já sentiste de mim, porque eu sei que sou a mulher que te serve.

Se me desses metade da oportunidade que outras já tiveram, eu saberia o que fazer com cada pedaço de amor que tenho para te dar. Se viesses até mim de alma aberta e me confessasses os teus medos, eu teria como te injectar cada emoção e todos os desejos que desejo partilhar contigo. Se ao menos entendesses que serei, sempre, a que te entenderá, conseguindo que me olhes e vejas como sou mesmo e como preciso de precisar de ti.

Sei que te magoaram, mas quero ser a que te encherá a alma e o coração, reservando o corpo, os toques e os beijos para que nunca duvides e para que me sintas até quando não me puderes tocar.  Quero ser a que imaginas, e se o que falta é dizer que ficarei, que nunca te deixarei e que nunca arriscarei desistir de ti, eu faço-o, desde que venhas e me faças sentir o que até sei que consegues.

Sei que te magoaram meu amor, mas também sei que não fui eu...
Seg | 19.03.18

Se nos pomos a duvidar de tudo...

sueamado
Woman Wearing Grey Cap Sleeve Shirt Beside Green Leaf Tree during Daytime


E se nos pomos a duvidar de tudo, como é que acabamos? Provavelmente secos como palha ao sol!

O que nos levou até alguém teve uma razão, um propósito e sentimentos associados, se nos deixou bem, mesmo tendo acabado, não deve ser questionado. Achar que tudo foi falso e dissimulado, só nos pode fazer mal ao coração, à auto-estima e à esperança de voltarmos a esbarrar em algo certo. Por isso o melhor é reviver os bons momentos, soltando das mãos o que não resultou, até porque uma relação serão sempre duas pessoas e se nos enganaram foi porque falhámos ver.

Os "será que" não podem cobrir tudo o resto e não nos devem esmagar, de contrário caímos e desistimos do melhor, que é e será sempre o amor, e se amámos, foi porque valia a pena.

Se nos pomos a duvidar de tudo, ficamos com ambos os pés atrás e depois nada corre de forma ligeira e assumida e a verdade é que temos que assumir quem nos entra e vem esfregar muitas ideias pré-concebidas na cara. O amor não é controlável e certamente que a sê-lo ficaríamos todos a perder. O amor é a capacidade de que nos munimos para querer mais do que nos cabe e mesmo assim continuar a querer. O amor vem sem aviso e mesmo que vá de igual forma, servirá pelo tempo que durar. O amor não nos deve deixar dores demasiado profundas, porque o sabor que ele carrega consegue adoçar até os corações empedernido.

Temos que encontrar em nós mesmos a capacidade de repetirmos, quantas vezes precisarmos, os sentimentos que nos manterão vivos, porque sem eles nenhuma parte de nós servirá a alguém. 
Seg | 19.03.18

Se nos pomos a duvidar de tudo...

sueamado
Woman Wearing Grey Cap Sleeve Shirt Beside Green Leaf Tree during Daytime


E se nos pomos a duvidar de tudo, como é que acabamos? Provavelmente secos como palha ao sol!

O que nos levou até alguém teve uma razão, um propósito e sentimentos associados, se nos deixou bem, mesmo tendo acabado, não deve ser questionado. Achar que tudo foi falso e dissimulado, só nos pode fazer mal ao coração, à auto-estima e à esperança de voltarmos a esbarrar em algo certo. Por isso o melhor é reviver os bons momentos, soltando das mãos o que não resultou, até porque uma relação serão sempre duas pessoas e se nos enganaram foi porque falhámos ver.

Os "será que" não podem cobrir tudo o resto e não nos devem esmagar, de contrário caímos e desistimos do melhor, que é e será sempre o amor, e se amámos, foi porque valia a pena.

Se nos pomos a duvidar de tudo, ficamos com ambos os pés atrás e depois nada corre de forma ligeira e assumida e a verdade é que temos que assumir quem nos entra e vem esfregar muitas ideias pré-concebidas na cara. O amor não é controlável e certamente que a sê-lo ficaríamos todos a perder. O amor é a capacidade de que nos munimos para querer mais do que nos cabe e mesmo assim continuar a querer. O amor vem sem aviso e mesmo que vá de igual forma, servirá pelo tempo que durar. O amor não nos deve deixar dores demasiado profundas, porque o sabor que ele carrega consegue adoçar até os corações empedernido.

Temos que encontrar em nós mesmos a capacidade de repetirmos, quantas vezes precisarmos, os sentimentos que nos manterão vivos, porque sem eles nenhuma parte de nós servirá a alguém. 
Seg | 19.03.18

Se nos pomos a duvidar de tudo...

sueamado
Woman Wearing Grey Cap Sleeve Shirt Beside Green Leaf Tree during Daytime


E se nos pomos a duvidar de tudo, como é que acabamos? Provavelmente secos como palha ao sol!

O que nos levou até alguém teve uma razão, um propósito e sentimentos associados, se nos deixou bem, mesmo tendo acabado, não deve ser questionado. Achar que tudo foi falso e dissimulado, só nos pode fazer mal ao coração, à auto-estima e à esperança de voltarmos a esbarrar em algo certo. Por isso o melhor é reviver os bons momentos, soltando das mãos o que não resultou, até porque uma relação serão sempre duas pessoas e se nos enganaram foi porque falhámos ver.

Os "será que" não podem cobrir tudo o resto e não nos devem esmagar, de contrário caímos e desistimos do melhor, que é e será sempre o amor, e se amámos, foi porque valia a pena.

Se nos pomos a duvidar de tudo, ficamos com ambos os pés atrás e depois nada corre de forma ligeira e assumida e a verdade é que temos que assumir quem nos entra e vem esfregar muitas ideias pré-concebidas na cara. O amor não é controlável e certamente que a sê-lo ficaríamos todos a perder. O amor é a capacidade de que nos munimos para querer mais do que nos cabe e mesmo assim continuar a querer. O amor vem sem aviso e mesmo que vá de igual forma, servirá pelo tempo que durar. O amor não nos deve deixar dores demasiado profundas, porque o sabor que ele carrega consegue adoçar até os corações empedernido.

Temos que encontrar em nós mesmos a capacidade de repetirmos, quantas vezes precisarmos, os sentimentos que nos manterão vivos, porque sem eles nenhuma parte de nós servirá a alguém. 
Sex | 16.03.18

Sonhar com o amor que te tenho...

sueamado
Razão de viver....


Os sonhos que te incluem, e eles são diários, parecem-me sempre de ouro e de prata. Os sonhos onde caminhas, sempre da mesma forma, como se estivéssemos ambos num filme, fazem-me querer mais e nunca ter que acordar, mas...

Sonhar com o amor que te tenho tem-me mantido viva e viver só me serve se existires, mesmo que em sonhos, por agora. Nos sonhos nunca te perco, nem mesmo para o dia que nasce teimoso. Aproveito cada segundo e prolongo os beijos que me dás, porque até a sonhar têm sabor e é o mesmo. Os abraços apertados e sentidos, até de ti para mim, permitem-se saber por que foi que te comecei a amar. Nada é tomado por garantido quando estou a sonhar e preciso apenas de esperar alguns momentos para que venhas. Vens sempre. Estás sempre onde estou. Encontro-te sempre e de qualquer forma, ao contrário da vida onde até posso sonhar acordada, mas na qual a realidade me fustiga impiedosa e onde foste tu a querer saber de mim.

Sonhar com o amor que te tenho é o que consigo fazer para que não te perca de vez, mas mesmo que o teu cheiro se me entre dentro, estou a precisar, desesperadamente, de te ter mais. O meu corpo quer-te para além do sonho e tem sido ele a tornar tudo mais difícil.

Vou deixando que os dias corram, cheios, arrastando-me para o que não pareço ser capaz de sossegar, mas espero sempre e tranquilamente pelos nossos momentos e é neles, em cada um, que pareço enfeitiçada, mesmo que livre, livre para te sonhar como a minha alma deseja.

Sonhar com o amor que te tenho e planeio amar-te ainda por muito tempo, diz-me que talvez consiga parar de apenas sonhar!
Sex | 16.03.18

Sonhar com o amor que te tenho...

sueamado
Razão de viver....


Os sonhos que te incluem, e eles são diários, parecem-me sempre de ouro e de prata. Os sonhos onde caminhas, sempre da mesma forma, como se estivéssemos ambos num filme, fazem-me querer mais e nunca ter que acordar, mas...

Sonhar com o amor que te tenho tem-me mantido viva e viver só me serve se existires, mesmo que em sonhos, por agora. Nos sonhos nunca te perco, nem mesmo para o dia que nasce teimoso. Aproveito cada segundo e prolongo os beijos que me dás, porque até a sonhar têm sabor e é o mesmo. Os abraços apertados e sentidos, até de ti para mim, permitem-se saber por que foi que te comecei a amar. Nada é tomado por garantido quando estou a sonhar e preciso apenas de esperar alguns momentos para que venhas. Vens sempre. Estás sempre onde estou. Encontro-te sempre e de qualquer forma, ao contrário da vida onde até posso sonhar acordada, mas na qual a realidade me fustiga impiedosa e onde foste tu a querer saber de mim.

Sonhar com o amor que te tenho é o que consigo fazer para que não te perca de vez, mas mesmo que o teu cheiro se me entre dentro, estou a precisar, desesperadamente, de te ter mais. O meu corpo quer-te para além do sonho e tem sido ele a tornar tudo mais difícil.

Vou deixando que os dias corram, cheios, arrastando-me para o que não pareço ser capaz de sossegar, mas espero sempre e tranquilamente pelos nossos momentos e é neles, em cada um, que pareço enfeitiçada, mesmo que livre, livre para te sonhar como a minha alma deseja.

Sonhar com o amor que te tenho e planeio amar-te ainda por muito tempo, diz-me que talvez consiga parar de apenas sonhar!
Sex | 16.03.18

Sonhar com o amor que te tenho...

sueamado
Razão de viver....


Os sonhos que te incluem, e eles são diários, parecem-me sempre de ouro e de prata. Os sonhos onde caminhas, sempre da mesma forma, como se estivéssemos ambos num filme, fazem-me querer mais e nunca ter que acordar, mas...

Sonhar com o amor que te tenho tem-me mantido viva e viver só me serve se existires, mesmo que em sonhos, por agora. Nos sonhos nunca te perco, nem mesmo para o dia que nasce teimoso. Aproveito cada segundo e prolongo os beijos que me dás, porque até a sonhar têm sabor e é o mesmo. Os abraços apertados e sentidos, até de ti para mim, permitem-se saber por que foi que te comecei a amar. Nada é tomado por garantido quando estou a sonhar e preciso apenas de esperar alguns momentos para que venhas. Vens sempre. Estás sempre onde estou. Encontro-te sempre e de qualquer forma, ao contrário da vida onde até posso sonhar acordada, mas na qual a realidade me fustiga impiedosa e onde foste tu a querer saber de mim.

Sonhar com o amor que te tenho é o que consigo fazer para que não te perca de vez, mas mesmo que o teu cheiro se me entre dentro, estou a precisar, desesperadamente, de te ter mais. O meu corpo quer-te para além do sonho e tem sido ele a tornar tudo mais difícil.

Vou deixando que os dias corram, cheios, arrastando-me para o que não pareço ser capaz de sossegar, mas espero sempre e tranquilamente pelos nossos momentos e é neles, em cada um, que pareço enfeitiçada, mesmo que livre, livre para te sonhar como a minha alma deseja.

Sonhar com o amor que te tenho e planeio amar-te ainda por muito tempo, diz-me que talvez consiga parar de apenas sonhar!
Sex | 16.03.18

Fácil nada será...

sueamado
Woman in Purple Sweater Sitting on Wooden Floor With View of Lake and Mountains


Fácil nada será, mas ao que tem que ser feito não adianta adiar, porque quanto mais prosseguirmos, mais caminho teremos que percorrer para regressar!

Nunca é fácil admitir que nos enganámos e que fomos enganados. Nunca é fácil perceber que o que ouvimos não nos era dirigido. Nunca é fácil desistir de alguém, achando que outro nos poderá tomar o lugar. Nunca é fácil ser de quem desiste de nós mal o frio comece a gelar. Se fosse fácil, seríamos a primeira escolha, a única e a certa.

Quem é que aceita, de ânimo leve, o falhançoQuem consegue deixar de olhar para trás, quando não percebeu todos os sinais, mesmo estando lá? Quem adormece, sereno, depois de reviver cada pedaço de vida que nunca lhe chegou a pertencer?

O que magoa mais e quase impede de continuar não é a pausa forçada, é a vergonha da pequenez e a lentidão na compreensão. O que magoa é saber que fomos usados e que nunca, em momento algum, se atreveram a querer mais de nós do que migalhas, porque o bolo inteiro já lhes pertencia. O que vai continuar a magoar, durante algum tempo, é perceber que afinal não somos assim tão inteligentes e que podemos, sim, ser enganados por quem dança bem melhor, até em terreno agreste.

Fácil nunca será, sobretudo amar sozinho, não tendo retorno e mesmo assim acreditando que o teríamos. Será que por vezes os planetas se movem, ou a terra gira ao contrário? Só assim se explica tanta burrice e incapacidade de vermos para além de nós.

Mesmo doendo, vai ser com cada pedacinho de uma dor alucinante, que te irei tirar mais depressa, porque de cada vez que me atrever a recordar-te, receberei em troca facadas tão profundas, que a insistir sei que acabaria a esvair-me em sangue.
Sex | 16.03.18

Fácil nada será...

sueamado
Woman in Purple Sweater Sitting on Wooden Floor With View of Lake and Mountains


Fácil nada será, mas ao que tem que ser feito não adianta adiar, porque quanto mais prosseguirmos, mais caminho teremos que percorrer para regressar!

Nunca é fácil admitir que nos enganámos e que fomos enganados. Nunca é fácil perceber que o que ouvimos não nos era dirigido. Nunca é fácil desistir de alguém, achando que outro nos poderá tomar o lugar. Nunca é fácil ser de quem desiste de nós mal o frio comece a gelar. Se fosse fácil, seríamos a primeira escolha, a única e a certa.

Quem é que aceita, de ânimo leve, o falhançoQuem consegue deixar de olhar para trás, quando não percebeu todos os sinais, mesmo estando lá? Quem adormece, sereno, depois de reviver cada pedaço de vida que nunca lhe chegou a pertencer?

O que magoa mais e quase impede de continuar não é a pausa forçada, é a vergonha da pequenez e a lentidão na compreensão. O que magoa é saber que fomos usados e que nunca, em momento algum, se atreveram a querer mais de nós do que migalhas, porque o bolo inteiro já lhes pertencia. O que vai continuar a magoar, durante algum tempo, é perceber que afinal não somos assim tão inteligentes e que podemos, sim, ser enganados por quem dança bem melhor, até em terreno agreste.

Fácil nunca será, sobretudo amar sozinho, não tendo retorno e mesmo assim acreditando que o teríamos. Será que por vezes os planetas se movem, ou a terra gira ao contrário? Só assim se explica tanta burrice e incapacidade de vermos para além de nós.

Mesmo doendo, vai ser com cada pedacinho de uma dor alucinante, que te irei tirar mais depressa, porque de cada vez que me atrever a recordar-te, receberei em troca facadas tão profundas, que a insistir sei que acabaria a esvair-me em sangue.