Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Seg | 13.01.20

Estou finalmente contigo!

sueamado


Estar contigo vai-me sabendo cada dia a mais. Já dividimos muito de nós e contamos o que nos está dentro. Deixei de pensar demasiado e ocupo-me apenas a absorver o que me trazes, leveza, sorrisos, umas quantas gargalhadas e paz, muita paz. Tal como eu não procuravas nada, mas faltava-te muito. Estavas demasiado confortável na tua solidão escolhida, disso entendo muito bem porque pareço ter desenhado a minha a caneta com tinta permanente, mas estava a precisar de novos contornos e de outras linhas. Somos parecidos, é um facto, mas temos as diferenças que nos acrescentam vida e cada um de nós carrega imensa...

Quem somos afinal quando não pertencemos a mais ninguém? Que lugares antecipamos quando não parecemos encontrar nenhum outro? O que conseguimos ter para além de nós que verdadeiramente nos deixe a ter mais?

Estar contigo devolve-me o melhor de mim e cada recomeço contigo carrega a vontade de poder começar sabendo por onde e com quem. Estar contigo diz-me que estou finalmente pronta para deixar de ser apenas eu!
Qui | 09.01.20

Perdas que quase nos fazem perder de nós...

sueamado
62 ideas for photography model black and white silhouette #photography


Os abraços já não nos conseguem sossegar. Os sabores que as nossas bocas provavam deixam de saber ao que quer que seja. Os pensamentos misturam-se e já nada do que tanto parecia ser o é agora. O frio invade-nos e gela até o sangue, impedindo-o de correr. O que representávamos para quem sempre foi a parte certa da vida, apaga-se e esfuma-se. Perder quem tanto nos custou encontrar, deixa-nos perdidos e inevitavelmente sós. Sonhar deixa de ser a dois quando apenas um de nós permanece...
Qua | 08.01.20

Ela é o meu presente e futuro...

sueamado


Ela tem o olhar que não apenas eu vejo. Carrega qualquer coisa diferente, mesmo que não o saiba explicar e é tão pouco o que explico desde que a conheço. Ela muda o meu mundo deixando-o do avesso enquanto me torço e contorço para continuar a viver. Nada sei do que parece saber quando me olha de forma determinada e determina o nosso afastamento. Não tenho qualquer poder para a poder chamar de minha, mas recuso desistir do que já me transformou em tão pouco tempo. Ela tem-me preso num amor que apenas eu pareço sentir, mas antes uma vida sem ter quem amo, do que uma morte anunciada e constante por quem nem sequer sei existir. Ela faz-me acordar com uma força que desconhecia possuir, mas tenho que confessar que matava por possuir cada pedaço de pele que me enlouquece. Ela não sabe o que me faz, mas só consigo pedir que me continue a fazer este homem que sente, assim, com tudo o que tenho e que talvez até a consiga um dia tocar, roçando-lhe os lábios que já me sabem a mel. Ela é a minha perdição, mas que fique para sempre perdido e a amar como percebi que consigo.
Qua | 08.01.20

Não te sobrecarregues com o peso dos outros!

sueamado

Não te sobrecarregues com o peso dos outros. Não te queiras encaixar no que não reconheces apenas para caberes no mundo de alguém. Não aceites o inaceitável, ou de contrário acabarás com ressentimentos que te desgastarão. Não prometas o que não pretendes cumprir e usa a tua palavra para teres MESMO uma palavra que te defina. Tem integridade que baste, mas aprende a desculpar os mais fracos de valores e sentimentos. Não aceites um príncipe encantado que não te veja como a sua princesa, este "lugar" é um dar e receber na mesma proporção. Não sonhes com amores para sempre quando tu mesma não sobrevives ao dia seguinte e mudas de querer bastando que mude o vento. Não deixes de mover céu e terra para seres mais feliz, mesmo que julgues não o ser ainda. Não feches os olhos ao que te está reservado e reserva-te o direito de mudar de direcção para chegares mais depressa. Não uses demasiado o não, de contrário acabarás a adiar o sim que te faria sorrir hoje.
Ter | 07.01.20

Não é o que tenho que me define!

sueamado


Não é o que tenho que me define. Nada do que possuo importa mais do que eu mesma. Tudo o que conquisto vem muito depois do que já sinto e sentir-me bem é o que importa mesmo. Não são os objectos que falam de mim, mesmo que contem histórias, porque se não for eu a falar, se não disser do que me disseram em determinada época, então nada se chegará a saber.

Quem importa é quem carrega, quem escolhe e parte à busca do que ainda lhe falta sentir. Quem sente somos nós, não as coisas que acumulamos, elas estão "ali" inertes, mesmo que com cores e alguns sons. Quem decide o que ter, quando e de que forma, é quem tem o poder de mudar, dividir, reduzir ou simplesmente abandonar o que já lhe pertence, porque SER vai pesar sempre muito mais.

Não é o que tenho que diz do que carrego, o meu mundo interno tem um valor para lá de inestimável e nenhum bem, por maior ou mais pequeno, alguma vez será mais importante do que me considero.
Seg | 06.01.20

Deixa a vida correr enquanto a vives!

sueamado

Deixa a vida correr enquanto a vives. Deixa o mundo endireitar-se enquanto te reergues e avanças. Deixa que os mal-amados e os de alma dorida se curem enquanto os olhas de uma distância segura e cuidas tu de te manter sã. Deixa o que é feio para lá e concentra-te no MUITO que existe para os que não estão distraídos. Deixa a tristeza para os que NUNCA conseguem ver o sol e concentra-te na tua luz interior. Deixa para trás o que já não consegues mudar e muda-te enquanto ainda tens tempo.
Deixa-te de desculpas e começa a usufruir do que te coube quando decidiste fazer o que era suposto, ou simplesmente desististe de tentar!

Pág. 3/3