Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

Feel Me

Sou tudo o que escrevo e escrever é o que me move!

23.12.15

Acordar contigo foi assim!

sueamado
Feelme/Acordar contigo foi assim! Acordar contigo foi natural, tranquilo, mesmo depois de uma noite bem agitada, onde estivemos quase sempre acordados, tocando-nos para nos certificarmos que eramos mesmo nós, ali, juntos, em abraços que não quisemos despegar, com beijos que nos colavam as bocas sequiosas, com os corpos incapazes de se satisfazerem, mas satisfeitos com cada carícia. Acordar contigo bem que podia ser sempre assim. Eu e tu, sem horários, esperando pelo cair de cada (...)
23.12.15

Dias que nunca são iguais!

sueamado
Feelme/Dias que nunca são iguais! Não agora, e apenas porque tu já estás em cada um! Para os dias correrem, para que tudo o que tenho para fazer seja feito, basta-me acordar e pensar em ti. Nada mais simples, nem natural. Os meus dias nunca são iguais, eu não permito, nem o tempo, nem tu, de cada vez que me recordas que sou eu e que sentes da mesma forma. Os meus dias não poderiam ser iguais, sobretudo agora, que tenho no meu "colo" mais um, e que sinto vontade de dizer, a todos (...)
21.12.15

O que faria por ti?

sueamado
Feelme/O que faria por ti? Já foi menos, e até mais. Já foram imensos sentimentos, misturados e saboreados também! Gostaria de dizer que tudo o que faço é por ti, mas não seria verdade. O que faço, tem-te, isso sim, sempre em mim, porque os minutos não correm sem que estejas em cada um, e porque sei, que à hora que é certa, para os dois, o telefonema chega e a tua voz confirma o que já sabemos, tu e eu. Tu és quem conheço, cada vez de um modo mais completo, e quase (...)
20.12.15

Não desistas. Não ainda...

sueamado
Feelme/Não desistas. Não ainda... Dá-lhe tempo, tenta percebê-lo, lê-o melhor, e talvez o "esforço" até venha a compensar! Não desistas de quem parece ter sabido como te tocar. Nao desistas de um amor que surgiu quando mais nenhum te parecia já ser possível. Não desistas de tudo o que vos une, de cada pequeno nada em comum, e que até se tem transformado no muito que já te atreveste a sentir. Os medos, as dúvidas, as incertezas, vão sempre existir, mas podes escolher confiar (...)
18.12.15

Se for demasiado...

sueamado
Feelme/Se for demasiado... Se for demasiado será tão pouco quanto o é quando não chega! Equilíbrio, é disso que falo. Dar na proporção certa, não sendo muito mais do que se precisa, apenas o bastante, para que se queira voltar. Bom senso, para não estar onde não se é desejado, e para correr até onde nos procuram. Chama, que arda com o calor certo, aquecendo sem queimar, iluminando sem uma luz que ofusque. Amor que não sufoque, mas que esteja presente e que nos prove que só (...)
17.12.15

Foi-se embora, sem chorar!

sueamado
Feelme/Foi-se embora, sem chorar! Os amores vão e vêem, algumas dores chegam, instalam-se, mas também conseguem sair, se as quisermos deixar ir! Não te agarres ao que não tens forma de mudar, e nunca deixes de ser tu, nem por uma boa causa. Igual aos outros, mais do mesmo, não serve, não preenche e no final tem custos demasiado altos. Não te afogues, não agarres a mão de quem se deixa ir para o fundo, salva-te primeiro, de ti. Não cries ilusões, e não esperes que te vejam se (...)
16.12.15

És tu, porque eu quero!

sueamado
Feelme/És tu, porque eu quero!És tu porque te sinto, da forma certa, comigo, sem esforços, sem máscaras, mesmo que com algumas defesas em alta, mas és tu, como sempre achei que serias! De cada vez que estamos, apenas nós, sinto que mais ninguém importa, que o mundo pode bem esfumar-se, e os restantes planetas, mudarem de rota, nada, mas mesmo nada me interessa para além de ti. CALMA! Eu tenho vida para além de ti, e não me alimento por uma palhinha, eu sou eu mesma, com tudo o (...)
14.12.15

Dependências emocionais!

sueamado
Cada vez mais se ouve falar de ligações bizarras, sentimentos deformados, e dependências que se tornam tão cáusticas quanto o são as drogas duras! Feelme/Dependências emocionais! O que "nos" leva a depender de outra pessoa, de forma a perdermos a nossa própria identidade? O que "nos" falta, assim tanto, para apenas conseguirmos funcionar se o outro estiver por perto? A crise de valores, os medos, o conforto que deixamos instalar, o não querer voltar a ser exposto, mostrando o (...)
11.12.15

Se sentir, digo...

sueamado
Feelme/Se sentir, digo... Se me fizeres falta, se sentir que te quero muito, e que preciso que me toques para me certificar que te tenho, DIGO. Agora não me vou impedir de te dizer a alta que me fazes. Nunca mais! Se sentir, como acontece em grande parte do dia, que não consigo estar dizer que te quero, digo. Se para te deixar bem e fazer feliz eu precisar de dizer, 120 vezes que és o homem que preciso, vou dizer. Quando nos dispomos a aprender, a prosseguir com o que nos veio parar (...)
11.12.15

Se sentir, digo...

sueamado
Feelme/Se sentir, digo... Se me fizeres falta, se sentir que te quero muito, e que preciso que me toques para me certificar que te tenho, DIGO. Agora não me vou impedir de te dizer a alta que me fazes. Nunca mais! Se sentir, como acontece em grande parte do dia, que não consigo estar dizer que te quero, digo. Se para te deixar bem e fazer feliz eu precisar de dizer, 120 vezes que és o homem que preciso, vou dizer. Quando nos dispomos a aprender, a prosseguir com o que nos veio parar (...)